terça-feira, 19 de setembro de 2017

XV CONSEPE

Atenção companheiros delegados eleitos para as informações sobre o credenciamento no XV Congresso do SEPE

O credenciamento dos(as) delegados(as) será realizado:
TitularNo dia 28/09/2017 (quinta-feira), das 09 horas até as 21 horas.
No dia 29/09/2017 (sexta-feira), das 09 horas até as 17 horas. 

 SuplenteNo dia 29/09 /2017 (sexta-feira), das 17 horas até as 21horas. 
 Não haverá credenciamento no dia 30/09/2017 (sábado).

Orientamos para que, no ato do credenciamento, os(as) delegados(as) apresentem RG, a comprovação de filiação e de quitação (contracheque ou ficha de filiação e comprovante do pagamento da primeira mensalidade).

A taxa de inscrição é de R$ 5,00 para professores(as) delegados(as) ou observadores(as) e de R$ 3,00 para funcionários administrativos delegados(as) ou observadores(as) e será paga no ato do credenciamento.ISENTOS: APOSENTADOS E FUNCIONÁRIOS QUE ESTÃO SEM RECEBER SALÁRIOS OU RECENDO EM PARCELAS.

Veja as principais deliberações da assembleia da rede municipal do Rio, realizada no dia 16/09

Em assembleia realizada no sábado (dia 16/9), os profissionais da rede municipal do Rio decidiram fazer paralisação de 24 horas no dia 3 de outubro. Neste dia, trabalhadores do país inteiro realizam um Dia Nacional de Luta contra as reformas do governo Temer e os profissionais de educação decidiram se unir ao movimento de luta. Pela manhã, a categoria realiza um ato de protesto no prefeitura. À tarde haverá aula pública e participação nas atividades unificadas. A plenária também decidiu que, caso a Câmara de Vereadores coloque em pauta a votação do Plano Municipal de Educação (PME), haverá uma paralisação neste dia para que a categoria possa acompanhar a votação no plenário do legislativo municipal.

Na assembleia também foi decidido o seguinte, entre outros assuntos deliberados:

- reivindicar junto à prefeitura e à Câmara dos Vereadores a abertura imediata do processo de construção de uma nova conferência de educação no Rio de Janeiro;

- atualizar a proposta de Plano de Carreira do Sepe à prefeitura, em relação ao cargo de agente de educação infantil, adequando-o à deliberação de assembleia de correção da escolaridade para o nível magistério e enquadramento no quadro do magistério;

- sobre a plenária de funcionários da rede municipal do Rio (parte da manhã um encontro por segmento e, depois, uma reunião unificada de todos os funcionários, já aprovada na assembleia anterior, incumbiu-se o coletivo de funcionários da marcação de uma data para sua realização;

- reforçar junto aos fóruns apropriados o pedido de audiência com a SME.

- realização do debate sobre migração como preparação para o fórum, no dia 20/9, às 18h, no Sepe

- realização de plenária sobre 1/3 no dia 07/10, às 10h, no Sepe.

ELEIÇÃO DOS REPRESENTANTES DE BASE NOS FÓRUNS DA SME – NAS VAGAS OCUPADAS PELO SEPE – NA ASSEMBLEIA:

A mesa da assembleia informou que as representantes de base dos fóruns de 1/3 e de Educação Infantil foram eleitas nas plenárias específicas, realizadas nos dias 26/08 e 02/09. No caso da educação infantil, foram escolhidas duas representantes. Abaixo as representantes:

FÓRUM 1/3: Titular: Claudiane Torres da Silva e Suplente: Fernanda Gomes de Souza. EDUCAÇÃO INFANTIL: Titular: Geni Ferreira de Abreu (10/ 255293-3) e Suplente: Sabrina Damasceno Nascimento.

No momento da escolha dos representantes de base para o fórum de migração foi apresentada a proposta de não participação do SEPE neste fórum específico. Após votação, a proposta NÃO foi aprovada.

Representantes de base eleitos para os demais fóruns: MERENDEIRAS: Titular: Clecia Maria Vieira da Silva e Suplente: Marcia Valeria Araújo dos Santos. EQUIPES GESTORAS: Titular: Fernanda Raquel Nunes de Oliveira e Suplente: Genesia Santos Vasconcellos (aposentada). MIGRAÇÃO: Titular: Marcos Luiz Freitas Rodrigues e Suplente: Marcele Ribeiro.

No fórum sobre a AMPLIAÇÃO JORNADA CONCURSO 1992 (2 VAGAS) não houve candidaturas. Dessa forma, a vaga foi dirigida à direção do Sepe, sendo ocupada pela chapa majoritária no Sepe Central.

CALENDÁRIO DE MOBILIZAÇÃO APROVADO NA ASSEMBLEIA DA REDE MUNICIPAL RJ DIA 16 DE SETEMBRO DE 2017

20/09 – DEBATE sobre migração e preparação para o fórum – 18h, no SEPE

28, 29 E 30/09 – CONGRESSO DO SEPE

03/10 – PARALISAÇÃO INTEGRAL COM ATO NA PREFEITURA (10H) E AULA
PÚBLICA COM PARTICIPAÇÃO NAS ATIVIDADES NACIONAIS (TARDE)

07/10 – PLENÁRIA SOBRE 1/3, no SEPE, às 10h

terça-feira, 12 de setembro de 2017

ATENÇÃO! ATENÇÃO! ATENÇÃO! ATENÇÃO! ATENÇÃO! ATENÇÃO! ATENÇÃO!


16/09/2017 - Rede municipal do Rio: Assembleia geral da rede municipal, às 10h, no auditório do Sinpro-Rio.

16/09/2017 - Rede estadual: Plenária para debater a grade curricular, às 14h, no auditório do SEPE.

Debate no SEPE sobre intolerância religiosa no dia 15/9

A Secretaria de Combate à Discriminação Racial e o Coletivo Estadual de Combate aos Racismo do Sepe convidam para o debate sobre "Intolerância Religiosa", que será realizado no dia 15 de setembro, a partir das 15h, no auditório do Sepe (Rua Evaristo da Veiga 55 - 7º andar). Debatedores convidados: Forno Humberto e Blonson Faria.

A imagem pode conter: texto

Delegados aposentados também podem ser eleitos nas escolas.

Companheiras e Companheiros,


A cada Congresso do SEPE, a categoria pode aprovar mudanças que interfiram nas formas de encaminhamento da luta, em nossa entidade. O fortalecimento do sindicato depende da maior ou menor representatividade dessas mudanças. Sejam delegados em suas escolas! Vamos defender o modelo de sindicato que queremos!
As eleições de delegados nas escolas continuam até o dia 18 de setembro.


O XV Congresso do SEPE vai de 28 a 30/09 - conheça as 46 teses que serão discutidas:

Durante três dias, delegados eleitos nos municípios que têm representação do sindicato e Regionais da Capital vão debater temas de conjuntura, estrutura e estatuto do Sepe e deliberar sobre as principais questões que farão parte da luta da categoria durante os próximos dois anos.
Disponibilizamos no site do Sepe os cadernos das teses gerais e específicas que serão debatidas pelos delegados.

terça-feira, 5 de setembro de 2017

PLENÁRIA DA EDUCAÇÃO INFANTIL REDE MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO – 02/09/2017 – NO SEPE (APROVADA EM ASSEMBLEIA DA CATEGORIA DO MÊS DE AGOSTO DE 2017).

PAUTA: Discussão sobre as questões a serem levadas para a audiência específica com o secretário, César Benjamin. Escolha dos representantes de base da EI. Cerca de 30 presentes.

1. INFORMES: XV Congresso do SEPE, Sessão do Núcleo de Estudos da Educação Infantil dia 09/09/2017.

2. DISCUSSÃO E ENCAMINHAMENTOS PARA A AUDIÊNCIA ESPECÍFICA:

· Necessidade urgente de resolução: 1/3 de atividade extraclasse para os professores da EI.

· Necessidade urgente de resolução: correção da escolaridade do cargo dos AEIs para o nível magistério com enquadramento no quadro do magistério no plano de carreira.

· Discutir criticamente uma suposta inserção dos AEIs num quadro técnico, algo que não atende às demandas do segmento.

· Necessidade de intervenção da SME na resolução do problema dos diplomas do Pró-infantil, até hoje não expedidos para diversas cursistas AEIs.

· Necessidade de fim da terceirização, convocação imediata dos concursados, sem impedir a resolução imediata do enquadramento dos AEIs.

Debates conceituais:

· A questão da divisão, em muitas unidades da EI da rede, entre o EDUCAR e o CUIDAR, indissociáveis segundo as Diretrizes da Educação Infantil.

· Debate sobre a BNCC e a pressão pela ANTECIPAÇÃO DA ESCOLARIZAÇÃO na pré-escola.

· Necessidade da SME orientar o planejamento coletivo e conjunto entre AEIs, PEIs, PIIs e professores de múltiplas linguagens.

· O tema da INCLUSÃO na EI: discutir a necessidade de maior capacitação dos estagiários e dos AEEs que atendem as crianças. Respeitar a regulamentação sobre a diminuição de 2 crianças nos agrupamentos para cada 1 criança inclusa. Discutir o problema da necessidade de laudo para começar a atender, com maior atenção, 

crianças que já apresentam determinadas deficiências/distúrbios na EI

· Discutir a situação de violência no entorno das unidades da EI

QUESTÕES ESTRUTURAIS E DE CONDIÇÕES DE TRABALHO:

· Estrutura precária em muitas creches e EDIs – espaço ainda visto como um depósito de crianças.
· Questionar a política de fechamento de turmas na EI.

· Debater a necessidade URGENTE de redução do quantitativo de crianças nos agrupamentos (turmas).

· Questionar a qualidade da merenda: alto índice de agrotóxicos, sendo necessária a revisão de contratos.
· Necessidade de professores de múltiplas linguagens na educação infantil.

· Implantar a sala multimeios nas creches e EDIs.

· Retorno da coordenação pedagógica nos EDIs e implantação dos mesmos nas creches.
· Retorno dos funcionários de escola à educação infantil.

· Necessidade de redução da proporção do quantitativo de crianças por cozinheiras
· Necessidade de aumento do número de funcionários de serviços gerais na EI.

· Discutir o horário das creches e EDIs, levando em conta a necessidade de segurança das crianças visto que, muitas vezes, professores e AEIs ficam sozinhos com um número grande de crianças na hora da saída.

Reivindicar prazos para o encaminhamento das propostas e resolução dos problemas.

Outros encaminhamentos da plenária sobre a EI:

· Retomar, com o auxílio do dr. José Eduardo, o debate com dra. Eliane sobre a ação judicial feita em SP acerca da situação das AEIs.

· Retomar a campanha contra a dupla função e o processo judicial em curso.

· Construir um ato na prefeitura – apresentar na assembleia da rede municipal do Rio.

3 – ESCOLHA DAS REPRESENTANTES DE BASE DA EDUCAÇÃO INFANTIL:

SEGMENTO PROFESSOR: não houve votação, pois os nomes foram consensuais.

REPRESENTANTES: Carmel Cardoso Jorge – matrícula 10/299056-2 (1ª CRE) (titular) e Roma Gonçalves Lemos – matrícula 10/280669-3 (2ª CRE) (suplente).

SEGMENTO AGENTES DA EDUCAÇÃO INFANTIL: houve votação entre 4 nomes, conforme apresentado a seguir: Etiene da Silva (5ª CRE) – 5 votos, Sabrina Damasceno (3ª CRE) – 20 votos, Geni Ferreira (1ª CRE) – 25 votos, Danyela Valdez (7ª CRE) – 6 votos.

REPRESENTANTES: Geni Ferreira de Abreu – matrícula 10/255293-3 – CM Arco Íris (1ª CRE) (titular) e Sabrina Damasceno Nascimento – matrícula 10/276415-7 – CM Renascer (3ª CRE) (suplente).